Follow:
    Resenhas

    Resenha – Caminha Impermeável da Emporium Distripet

    Aquela caminha impermeável de estampa de Pugs que vc respeita.

     

    Olá Amigo Pug.

     

    Faz muito tempo que andava procurando um caminha impermeável. Não sei se os Pugs de vocês são assim, mas os meus, qualquer coisa correm pra caminha. Se é pra vomitar, vomitam na caminha, se é pra ficar curtindo aquele petisco, leva pra caminha, se é morder e babar no brinquedo favorito, corre pra caminha e por aí vai, e eu não dava conta de lavar essa caminha.

     

    Então fazendo pesquisa em lojas e na internet, qual marca fabricava uma caminha impermeável, achei a Emporium Distripet, e entrei com contato com eles, que me enviaram um exemplar da caminha impermeável pra eu testar.

     

    Já estou com ela há algumas semana, e posso falar pra vocês o que eu achei e se vale a pena comprar.

     

    A Nutella está adorando a caminha impermeável, principalmente esses dias de mais calor, pois ela é mais fresca. E eu estava com medo justamente disso, pois achei que era mais quente.

    caminha_impermeavel

    Alguns dias antes, também fez frio, e eu coloquei o cobertorzinho deles, na parte onde eles deitam e deu tudo certo. Não ficou uma caminha fria não!

     

    Além do mais, ela é muito macia, com costuras reforçadas. Acho que vai durar muito. Já que para limpar basta um pano úmido. Lavar mesmo só de vez em quando.

     

    Ah, a caminha impermeável é feita de um tecido Aquablock da karsten, também tem um ziper interno, caso queira basta tira o enchimento dela. Assim fica melhor ainda.

     

    Pedi a caminha grande, pois meus pequenos adoram dormir juntinhos, e os dois estão gostando muito. Acho que foi a primeira cama que eles gostam de verdade! Essa é a maior que a marca tem, e se você tem 2, assim como eu, vale a pena comprar a grande, se não a média para 1 é a medida.

     

    Essa estampa com vários cachorrinéos e Pugs pretos e abricot deixa a caminha ainda mais fofa! Nós PugLovers ficamos loucos.

     

    Onde encontrar?

     

    Eles tem muitos outros modelos de cama, com estampas muito lindas, a coleção nova está incrível!

     

    O texto acima é informativo, e retrata minha opinião sincera sobre o produto.

     

    Você também vai gostar de ler: Quais vacinas meu pug deve tomar?

     

    Você tem alguma cama que seu pug gosta muito? Conta pra gente aqui nos comentários.

    Compartilhe com quem está procurando uma caminha pro seu pug e ainda não sabe qual comprar.

    Clique no botão AZUL abaixo.

    Um super beijo da Fran e lambeijos dos Pugs Jotapeg e Nutella.

     

    Save

    Save

    Save

    Save

    Você também vai gostar de:

    Mais

    Wishlist Pet de Setembro

    wishlist pet

    Quem não tem aquela lista de desejos guardadinha, só esperando uma boa oportunidade pra comprar. Essa é a nossa Whishlist Pet.

     

    Olá Amigo Pug!

     

    Pela primeira vez, vou fazer a nossa Wishlist Pet com produtos mais desejáveis da internet esse mês na nossa opinião, pretendo postar sempre, assim vocês ficam por dentro das novidades do mercado pet. Na minha listinha coloquei um pouco de tudo que meus Pugs e eu adoraríamos ter.

     

    1. Tag para identificação da Coleção Patches Laser Store

    Para identificar seu Pug de uma forma muito fashion, na frente tem essa imagem fofa, e no verso, coloca-se o nome do cachorro e seus dados para caso seu cão se perder, quem achar vai saber de quem ele é. Essa Tag foi a Nutella que escolheu.

     

    2. Comedouro Porcelana Dog Branco da Hot Dog Store

    Comer Comer, Comer Comer… É o melhor para poder crescer! Um potinho de porcelana super estiloso. Tem na cor roxa também. Esse foi o Jotapeg que escolheu.

     

    3. Cama Cheeseburguer da Coleção Manda Foods Woof Classic

    Achei tão fofo! É a cara dos meus pequenos gulosos.

     

    4. Mordedor quase indestrutível Chifre Deerhorn da Petstages

    Feito com um extra durável nylon e raspas de chifre de veado que ajudam a deixar os dentes mais limpos. Pra você que tem um destruidor de brinquedos em casa é a solução.

    Ah, para a fabricação do brinquedo, a empresa não machuca os veados não! Eles utilizam os chifres que se soltam, e estão caídos no chão.

     

    5. Peitoral de Donuts para combinar com a Tag da ZeeDog

    M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A é a palavra para esse peitoral. A Nutella disse: Compra mãe!

     

    6. T-shirt Pug Life da OHKEI

    Essa é pra mim, afinal sou dessas, que ama tudo que tem Pug como estampa. Você não?

     

    Ufaaaaaa! Fiquei horas vasculhando algumas lojinhas na net pra montar essa Wishlist Pet, mas se você quiser deixar nos comentários outras ideias para a próxima lista, fiquem à vontade! Adoro quando vocês comentam.

     

    Você também vai gostar de ler: Quanto custa ter um Pug?

     

    Compartilhe com quem tem um cão, essas dicas servem para qualquer raça! Clique no botão AZUL abaixo.

    Um super beijo da Fran e lambeijos dos Pugs Jotapeg e Nutella.

     

    Dicas

    Coprofagia: meu pug come cocô e agora?

    cropofagia - pug come cocô

    Mesmo amando nossos Pugs, quando eles comem cocô, ficamos com um certo nojinho deles.

     

    Olá, amigo Pug!

    Um dos temas que quero compartilhar com vocês é a Coprofagia, que é o ato de ingerir as próprias fezes. Muitos leitores me procuram por e-mail e me fazem a seguinte pergunta: Meu Pug come cocô e agora?

    Abaixo, vou contar mais sobre esse comportamento e você entenderá tudo sobre o assunto e o que pode fazer para evitar que isso aconteça.

     

    O que é a coprofagia?

    Segundo a wikipédia, Coprofagia, copro em latim significa “fezes” e fagia “ingestão” sendo assim: prática de ingestão de fezes, ou seja, quando o pet começa comer as próprias fezes regularmente. Porém, existem três tipos de coprofagia.

     

    Tipos de coprofagia

    1- A primeira é quando a mamãe Pug come cocô dos seus filhotes, isso é institivo, pois ela busca manter o local em que eles estão limpo, e menos rastros de alimentos, para diminuir a chance de serem notados por potenciais predadores.

    2- A segunda maneira de coprofagia é a que acontece quando o Pug come cocô pela primeira vez. Isso é normal, já que é uma questão de aprendizado. O ideal é que ele não volte mais a comer suas fezes com o passar do tempo.

    3- Quando o Pug come cocô, por falta de nutrientes, para chamar a atenção ou porque gosta do sabor.

     

    Motivos para a prática de coprofagia.

    O Pug pode estar com vermes, com isso, ele acaba buscando proteínas nas próprias fezes. Se ele estiver com vermes, significa que o cachorrinho está perdendo toda a proteína ganha em suas alimentações para um parasita, que se aproveita de alguma falha na sua imunidade e faz com que ele acabe ficando sempre sem alguns nutrientes. Para saber se isso está acontecendo com seu Pug, leve-o no veterinário para fazer um exames e ter o diagnóstico detalhado.

    Descartado problemas de saúde, outro fator que pode fazer com que seu pet coma fezes, é o fato dele estar confinado em algum local pequeno, isso faz com que o pug se sinta acuado e pode desenvolver a prática da coprofagia. Para que você diminua a chance do seu Pug comer cocô, evite deixa-lo sozinho por muito tempo.

    Muitos tutores acabam punindo seus Pugs por fazerem cocô no lugar errado. Isso pode fazer com que seu Pug entenda que o ato de fazer cocô está errado, e não o local onde ele fez cocô, dessa forma ele pode desenvolver a mania de ingerir as próprias fezes por medo de estar fazendo algo errado. Esta é uma atividade comum dos donos dos peludos, mas que pode trazer problema.

     

    Dicas para diminuir a chance da coprofagia

    A primeira é você recolher rapidamente os cocôs. Assim, se diminui consideravelmente as chances dele acabar se interessando por comer suas próprias fezes. A segunda dica é levar seu Pug para passear. Com isso ele ficará menos ansioso dentro de casa, fazendo com que ele não sinta a necessidade de comer as próprias fezes. Cuide bem da higiene de seu pug!

     

    O texto acima é informativo, para saber mais sobre a raça Pug procure um veterinário de sua confiança.

     

    Você também vai gostar de ler: Resenha: Você sabe o que é ração Grain Free?

     

    Você tem um Pug que come cocô? Esse post te ajudou? Conta pra gente aqui nos comentários.

    Compartilhe com quem tem, quer ter ou só simpatiza com a raça Pug! Clique no botão AZUL abaixo.

    Um super beijo da Fran e lambeijos dos Pugs Jotapeg e Nutella.

    Você também vai gostar de:

    Dicas

    Meu Pug escapou da coleira. O que devo fazer?

    escapou da coleira

    Seu Pug escapou da coleira? Não haja por instinto!

     

    Olá Amigo Pug.

    Seu Pug é da pá virada como o meu Jotapeg, e já escapou da coleira, do carro ou do seu colo naquele passeio? Se a resposta for sim, você provavelmente agiu por instinto saiu correndo atrás dele feito louca(o). E você quase não conseguiu ou não conseguiu pega-lo, não é? Isso é uma das coisas que mais tenho medo.

    A verdade é quanto mais corremos, mais eles correm. Os cães em geral correm muito mais rápido que você. Muito mesmo! Podendo ir para o meio da rua e causar um grave acidente. Por isso nunca corra! Seu instinto pode estar colocando seu Pug em perigo.

     

    O que fazer quando um Pug ou outro cão escapou da coleira?

    Quem já passou por isso sabe que é um mega susto!

    O ideal é ter ensinado desde cedo um comando de voz para seu Pug, os adestradores gostam do VEM, pois na matilha um cachorro, quando quer chamar o outro para correr ou brincar, ele corre e espera o outro para ser acompanhado, já viu que os cães quando correm, dão uma olhadinha para trás. Isso é para ver se outro está o acompanhando. Se não estiver eles diminuem o passo, mas não é natural voltar para se juntar ao outro.

    Por esse motivo NUNCA sai correndo para pegar seu Pug, se ele escapou da coleira.

    Vou colocar algumas dicas aqui, que podem te ajudar.

    1. Evite gritar: ele pode achar que você está bravo com ele e não venha até você. Associe com algo bom e o chame alegremente.
    2. Sentido oposto: vá ao sentido oposto, aproveite a olhada para trás citada acima e o chame como de costume. Evite brigar com ele quando chegar. Faça carinho e coloque a coleira de volta.
    3. Chame para brincar: você pode se agachar, bater palmas, chamar. Faça igual quando vão brincar.
    4. Abra a porta do carro: se seu Pug associou o carro a coisas boas, provavelmente ele virá, se você o chamar para passear.
    5. Finja que se machucou: pare, deite-se no chão, finja que se machucou. Seu pug irá achar muito estranho seu comportamento e irá voltar para ver o que está acontecendo.

     

    Ensine o “VEM” para seu Pug

    Se você usa o comando VEM para dar broncas, use outra palavra, pode ser JUNTO ou AQUI por exemplo, mas o Pug deve associar o comando com algo bom.

    Para ensinar o VEM, pegue um petisco, ou um brinquedo que seu Pug goste muito, e mostre a ele, e diga VEM, quando ele chegar até você dê a recompensa. Faça isso em diversas situações até que ele esteja habituado a você dizer VEM e ele vir até você. Associe o VEM a um comando de apontar para o chão.

    Para outras dicas de adestramento, eu recomendo o site do Alexandre Rossi.

    Essas dicas podem não funcionar com alguns cães. Por exemplo, o Pug pode ter escapado para cheirar uma fêmea no cio e você talvez usando essas técnicas não tenha êxito algum. Por isso a importância de castrar nossos cães. Além de ser mais saudável para seu Pug evitando doenças futuras, pode evitar acidentes também.

     

    Você também vai gostar de ler: Precisa deixar seu Pug sozinho em casa? Leia essas 7 dicas

    Seu Pug já escapou da coleira? O que você fez? Me conte aqui nos comentários.

    Compartilhe com quem tem um cão, essas dicas servem para qualquer raça! Clique no botão AZUL abaixo.

    Um super beijo da Fran e lambeijos dos Pugs Jotapeg e Nutella.

    Você também vai gostar de: